26/01/2018 / by pressamazonia / Sem comentários

O presidente Michel Temer e seu companheiro do norte, o americano Donald Trump, tentam vender para o clube de Davos um peixe que ninguém quer comprar.

Temer insiste que “o Brasil está de volta”, enquanto Trump tenta convencer a arquibancada que a política “América em Primeiro Lugar” é genial.

O presidente brasileiro chegou festejando o Brasil, “país das reformas”, que aprovou as novas regras trabalhistas, o teto de gastos, e indicou que a mudança na Previdência está próxima (sic).

Como Trump, Temer tem alguns indicadores econômicos vistosos para mostrar —investimento estrangeiro direto de US$ 75 bilhões em 2017, juros no menor patamar histórico, 7%, inflação abaixo do piso de 3%, superávit da balança comercial de US$ 67 bilhões.

Tags: