25/04/2018 / by pressamazonia / Sem comentários

RIO — A Justiça mineira rejeitou os embargos infringentes e manteve a condenação em segunda instância do ex-governador Eduardo Azeredo (PSDB) por peculato e lavagem de dinheiro no “mensalão tucano”.